Langston Hughes

Langston-Hughes-House-in-Harlem

Poemas selecionados de Langston Hughes

The Negro Speaks of Rivers

I’ve known rivers:

I’ve known rivers ancient as the world and older than the flow of human blood in human veins.

My soul has grown deep like the rivers.

I bathed in the Euphrates when dawns were young.

I built my hut near the Congo and it lulled me to sleep.

I looked upon the Nile and raised the pyramids above it.

I heard the singing of the Mississippi when Abe Lincoln went down to New Orleans, and I’ve seen its muddy bosom turn all golden in the sunset.

I’ve known rivers:

Ancient, dusky rivers.

My soul has grown deep like the rivers.

My People

The night is beautiful,
So the faces of my people.

The stars are beautiful,
So the eyes of my people.

Beautiful, also, is the sun.
Beautiful, also, are the souls of my people.

I, too

I, too, sing America.

I am the darker brother.
They send me to eat in the kitchen
When company comes,
But I laugh,
And eat well,
And grow strong.

Tomorrow,
I’ll be at the table
When company comes.
Nobody’ll dare
Say to me,
“Eat in the kitchen,”
Then.

Besides,
They’ll see how beautiful I am
And be ashamed–

I, too, am America.

Suicide’s Note

The calm,
Cool face of the river
Asked me for a kiss.

Advertisements

3 thoughts on “Langston Hughes

  1. Todos Poemas falam sobre o preconceito relacionado aos negros na America do Norte mas especifico nos Estados Unidos. O poema que eu achei mais interessante foi My People ( Meu Povo ) pois o poema e verdadeiro, os negros foram muito descriminados mas hoje nos estados unidos eles são alguem tanto que o Presidente (Obama ) é Negro, uns dos maiores cantos de Pop era negro ( Michael Jackson), melhor cantor de Rap ( 50 cent ) e assim vai… Eles tentam apagar o passado, fazendo parecer que eles são os bonzinhos da Historia negando seu próprio passado.

  2. Os poemas dele fala de preconceito sobre os negros da America do norte,mas o preconceito com os negros e em todo lugar,sendo que somos todos iguais sem nem um diferença só o tom de pele que e diferente mas são todos iguais , o poema que mas gostei foi o Meu povo, pois ele elogia o seu povo a sua cor.

  3. Esse cara ´´e muito bom! Eu fiz meu trabalho com um poema dele: Song for a Dark Girl (que infelizmente não poderá ser apreciado pelo professor por motivo de forças maiores kakakakaka). O que mais me chama atenção nele é a linguagem simples, mas poderosa, além da utilização da poesia como militância. Para quem gosta dele, recomendo a Maya Angelou, que também faz críticas ao racismo, além de retratar a maneira como as mulheres, especialmente as negras, eram tratadas (spoiler: não mudou nada).

    Enfim, só queria agradecer ao movimento modernista e a autores como Langston Hughes, por tornarem a poesia acessível para pessoas que assim como eu, não nasceram no século XVI, além de dar um papel social à arte, something Shakespeare and romancism have yet to achieve (espero que conheças os meme).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s