Strange Fruit

“Strange Fruit” foi composta como um poema, escrito por Abel Meeropol (um professor judeu de colégio do Bronx), sobre o linchamento de dois homens negros. Ele a publicou sob o pseudônimo de Lewis Allan[2] .

Meeropol e sua esposa adotaram, em 1957, Robert e Michael, filhos de Julius e Ethel Rosenberg, acusados e condenados por espionagem e executados pelo governo dos Estados Unidos[3] .

Meeropol escreveu “Strange Fruit” para expressar seu horror com os linchamentos, possivelmente após ter visto a fotografia de Lawrence Beitler do linchamento de Thomas Shipp e Abram Smith em Marion,Indiana, ocorrido em 7 de agosto de 1930. Ele publicou o poema em 1936, em The New York Teacher, uma publicação sindical. Embora Meeropol/Allan tenha sido frequentemente convidado por outros (nomeadamente por Earl Robinson) para musicar seu poema, só após algum tempo ele musicou Strange Fruit. A canção teve algum sucesso como canção de protesto na região de Nova Iorque. Meeropol, sua esposa e a vocalista negra Laura Duncan apresentaram-na no Madison Square Garden[4] . Barney Josephson, o fundador do Cafe Society em Greenwich Village, a primeira casa noturna integrada da cidade, ouviu a canção e a apresentou a Billie Holiday. Holiday cantou a música pela primeira vez no Cafe Society em 1939. Ela disse que cantá-la fazia-a ter medo de retaliações. Holiday mais tarde disse que as imagens de “Strange Fruit” lembravam-na de seu pai, isto fez com que ela continuasse a cantar a música. A canção tornou-se parte regular das apresentações ao vivo de Holiday[5] .

Fonte: Wikipedia

Strange Fruit

Southern trees bear a strange fruit

Blood on the leaves and blood at the root

Black bodies swinging in the southern breeze

Strange fruit hanging from the poplar trees


Pastoral scene of the gallant south

The bulging eyes and the twisted mouth

Scent of magnolias, sweet and fresh

Then the sudden smell of burning flesh


Here is fruit for the crows to pluck

For the rain to gather, for the wind to suck

For the sun to rot, for the trees to drop

Here is a strange and bitter crop

Advertisements

15 thoughts on “Strange Fruit

  1. Uma ótima poesia que retrata o preconceito q até hoje acontece e que muitas vezes não queremos ver. Diule 2°D

  2. A canção retrata com significância o preconceito , o sangue dos inocentes são derramados “corpos negros balançando na brisa do sul”. É uma pena que o preconceito perpetue até os dias de hoje.
    People who have prejudice, has a small and empty mind .

    Natalia de Carvalho Camargo . 3º B

  3. É uma canção que nos faz refletir sobre o preconceito, a qualquer hora podemos ser e nos tornar “o repentino cheiro de carne queimada”.
    Human waste, they are all that is prejudice.

    Gabriela de Carvalho Camargo . 3º B

  4. Un triste poema, e mais triste é saber que é real este acontecimento horrível de racismo que levou a morte destes dois rapazes, infelizmente o nosso mundo esta recheado de ódio e rancor, devemos faser que nem Abel Meeropol e mostrarmos ao mundo que a sociedade cheia de racismo não só contra negros mas também contra indígenas, brancos etc…
    Um triste poema mas que retrata a realidade.

  5. Achei a musica interessante fala sobre o preconceito canção de protesto onde atualmente nada é diferente no mundo ainda a muitos preconceituosos
    uma cançaõ que retrata a realidade

  6. Uma ótima canção pelo simples fato de trazer em sua letra falando sobre o preconceito e também protestando contra o preconceito sofrido pelos negros não só nos tempos antigos mais sofrido até os tempos de hoje;

  7. gostei dessa cansão por que ela está condenando o racismo americano especialmente o linchamento de afro-americanos que ocorreu nos Estados Unidos uma excelente forma de protestar

  8. Uma canção que retrata o triste ato , que é o preconceito. Uma pena, que atualmente um mundo com muito desenvolvimento,e tantas etnias exista tanto preconceito, principalmente o preconceito racial, sinto apenas do de pessoas preconceituosa , afinal isso não vai levar elas a lugar nenhum .

  9. Primeiramente o preconceito existe a milhões d anos e ainds vai continuar existindo. Nessa canção retrata o que acontece ate os dias atuais e como poderiamos compreender que varias etnias e cultura são algo que faz uma população ser rica. Mas no entanto retrata que precoceito acontece e que nao sera abolido mas quem realmente sofre com o precoceito é o negro como é retratado.

  10. A cansão retrata o preconceito que infelizmente ainda existe nos dias atuais por conta da ignorância de pessoas estúpidas . Por causa desse preconceito que os negros sofreram muito há algum tempo atrás (na época da escravidão) e ainda sofrem até hoje, além da desigualdade social que alguns também sofrem .

  11. Eu acho que o que é falado no poema são coisas que infelizmente continua acontecendo ate os dias atuais pelo fato de algumas pessoas acharem que são melhores que outros, acharem que estão acima dos outros e por isso criam a liberdade de rebaixar seus próprios semelhantes o que eu acho completamente irracional, afinal o que eles ganham fazendo isso ? Isso é o que eu me pergunto quando vejo uma coisa dessas !

  12. Uma ótima canção porém, é difícil até de imaginar é muito menos entender como que no mundo onde existem tantas pessoas todas iguais sejam eles brancos, negros, indígenas entre outros…e acabam desenvolvendo algumas pessoas preconceituosas… é claro que devemos sim ter preferências mais não devemos inportalas a ninguém todos nós somos iguais independe de qualquer circunstância ….

  13. Segundo minhas pesquisas sobre o tema, “strange fruit” foi considerado a primeira canção explícita contra o racismo e linchamentos que ocorriam, sendo um marco importante e ao mesmo tempo confortante para os negros, que a partir disso viram que uma parte da “sociedade branca” estava vendo essa situação de uma forma negativa e aflorando reações controversas.

  14. Segundo minhas pesquisas sobre o tema, “strange fruit” foi considerado a primeira canção explícita contra o racismo e linchamentos que ocorriam, sendo um marco importante e ao mesmo tempo confortante para os negros, que a partir disso viram que a “sociedade branca” estava vendo essa situação de uma forma negativa e aflorando reações controversas.

  15. Uma otima canção para nos fazer refletir sobre nossos conceitos, é incrível como depois de tanta evolução os humanos ainda tenham preconceito…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s